musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - LUZ DO REPENTE / FEIRINHA DA PAVUNA - ZECA PAGODINHO - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Luz Do Repente / Feirinha da Pavuna letra


Luz do repente
Jovelina pérola negra

Deixa comigo, deixa comigo
Eu seguro o pagode e não deixo cair ééé
Sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi

Deixa comigo, deixa comigo
Eu seguro o pagode e não deixo cair ééé
Sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi

Eu sou partideira da pele mais negra
Que venho, que chego para improvisar
Já vi partideiro que nunca vacila
Entrando na fila, querendo versar
Mas dou um aviso que meu improviso
É sério, é ciso, não é de brincar
Otário com aço, eu mando pro espaço
Versando, eu faço o bicho pegar

É sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi
Deixa comigo, deixa comigo
Eu seguro o pagode e não deixo cair ééé
Sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi

A luz do repente a estrela cadente
Chega de repente, não dá pra sentir
Na lei do pagode, só versa quem pode
Quem sabe somar e não subtrair
Não sou diamante, safira, esmeralda
Não sou turmalina nem mesmo rubi
Por onde eu passo eu deixo saudade
A pérola negra passou por aqui

É sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi
Deixa comigo, deixa comigo
Eu seguro o pagode e não deixo cair ééé
Sem vacilar é é
Sem me exibir é é
Só vim mostrar, ééé
O que aprendi

Feirinha da pavuna
Jovelina pérola negra

Na feirinha da pavuna
Houve uma grande confusão
Na feirinha da pavuna
Houve uma grande confusão
A dona cebola que estava envocada
Ela deu uma tapa no seu pimentão
A dona cebola que estava envocada
Ela deu uma tapa no seu pimentão
Seu tomate cheio de vergonha
Ficou todinho vermelho
E falou assim:
- "Eu também faço parte do tempero" bis
Seu pepino que estava no canto
Deu uma pernada em dona melancia
Dona abóbora muito gorda
Nem do canto ela saía
Vou chamar seu delegado que é
O seu jiló para amargar
E falou para todo mundo:
- "Acho bom isso acabar"

Zeca Pagodinho - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br